03 02 01 05 04

Mu Sool Sim Kyung

(Essência das Artes Marciais)

As Artes marciais são ao mesmo tempo tão profundas quanto elevadas, se compararmos com os referenciais que temos sobre o conhecimento. Muitos entram na rotina dos treinamentos, mas difícil é praticá-lo efetivamente. É tão perigosa quanto uma espada, traz benefícios ou malefícios, dependendo do uso que se faz dela. Os artistas marciais têm que colocar compaixão em suas mentes e têm que permitir que o amor se adiante.

O propósito da `Espada da Vida´ consiste nisso. Ame todas as coisas da vida e use a espada para a justiça. Porém, sempre é mais sábio não usar a espada. Pense profundamente antes de falar e aprenda a escutar os outros. Respeite o caráter dos outros e continue focalizando no espiritual e nos treinamentos das artes marciais Uma vez que o corpo estiver conformado a mente tende a ficar inativa. Discipline o corpo em um treinamento rigoroso e sempre se esforce para avançar mais. Uma parte do homem é também natureza, esteja perto de natureza, longe do mal e perto de bem.

Hipocrisia e ganância formam a grande parte do vício social; desembarace a si mesmo destas coisas para obter uma mente mais clara e mais aberta. Através das artes marciais, artistas marciais têm que aprender a paciência e a perseverança, auto-introspecção, aparência gentil, mas também um indomável espírito de liderança para contribuir com a sociedade e cultivar virtude.

Esta é a essência das Artes Marciais (Mu Sool).

Os Artistas Marciais coreanos lutam pelo Hwarin Gum ou ´Espada da Vida`. As Artes marciais não eram praticadas para ganhar habilidade. Eles acreditavam que as artes marciais, se praticadas corretamente, poderiam salvar vidas. Os artistas marciais eram os protetores da nação e guardiões da paz. Reciprocamente, Salin Gumou ou a ´Espada da Morte` era um caminho que os artistas marciais desejavam evitar. Não obstante, apenas uma pequena linha separou os dois e os artistas marciais perceberam isto.



Moo In Eue Duk Mok

(As virtudes dos praticantes de Artes Marciais)

1 - Yun Ji Gi- Ki – A energia do Ki é evidente na criação e destruição de todas as coisas. O Ki existe em todas as coisas vivas. Existe até mesmo depois de morte. Então todo mundo deveria fazer desse imperecível ki parte de si mesmo e deveria tentar cultivar seus benefícios. Do Hoe Yun Ji Gi (vasto e ilimitado ki natural), o artista marcial tem que utilizar este ki para seu benefício como também para o benefício de outros.

2 - Choong Hyoe Shin Yea

O Choong (Lealdade) - A primeira importância é a lealdade às pessoas, seja leal.

O Hyoe (Devoção Filial) - Os pais e anciãos tornaram possível você estar aqui, seja obediente.

Shin (Confiança) - Deve haver confiança e entendimento entre amigos e pessoas próximas.

Yea (Etiqueta) - Devem ser respeitas as duas formas, sênior/junior e junior/sênior. Isto é etiqueta, isto é, as Boas Maneiras.

Obs. Essas 4 virtudes são os fundamentos de nossa sociedades e ideais que devem ser praticados.

3 - Guk Moo Yea (Artes Marciais para a proteção do País)

Há muito tempo nós usamos as mãos, pedra, varas para autodefesa e proteção de família. As pessoas chegaram a defender aldeias, cidades, e países. As três eras do Reino deram origem a um estudo sistemático nas artes marciais e tornaram possível seu uso para a defesa nacional. Freqüentemente estas habilidades foram passadas aos `exércitos íntegros` que ajudaram a repelir invasões estrangeiras.

Hoje em dia, as artes marciais têm sido estudadas principalmente para o melhora da saúde física, proteção individual, e melhoramento das habilidades para as forças de segurança. Também traz em troca um papel principal na cultura e herança para todo o mundo. O tema subjacente do Hoe Guk Moo Yea deve ser apoiado de forma que as artes marciais possam ajudar a desenvolver uma mente saudável, corpo forte, comportamento positivo para o benefício da nação e seu povo.

Princípios Fundamentais do Hapkido

1. Ryu-Fluir

* Não concentrar a força diretamente. Dispensar e deixar fluir.

* O movimento ao fluir maximiza a transição entre ataque e defesa e de defesa para ataque. Manipular as aberturas do oponente.

* Deixar fluir permite a síntese de energia externa e interna. Aprenda coordenar ambas as forças.

2. Won-Círculo

* A combinação das forças centrípeta e centrífuga são eficientemente utilizados para técnicas de autodefesa.

* Movimentos circulares tornam possível usar a força do oponente contra ele mesmo. Também permitem serem executados, simultaneamente, ataque e técnicas defensivas. Quanto mais força de ataque do oponente, mais força circular de retaliação.

* O círculo simboliza a fonte do universo e sua falta de limites (refere-se à explicação do símbolo de Kidohae). No Hapkido o círculo representa a incompreensibilidade da arte que inclui um arco linear, ofensiva circular e técnicas defensivas. Também nos lembra que não pode haver nenhum “salto” em nosso treinamento de artes marcial. Somente com treinamento ininterrupto e paciência a pessoa pode avançar (progredir com o desenvolvimento correto).

3. Wha-Harmonia

* Harmonize a lei da mente, ki, corpo (refere-se à explicação do simbub, kibub, shinbub nas diretrizes do currículo de Kidohae) amplie a base das artes marciais.

* Harmonia com a força do oponente, faz da força dele a sua força.

* Harmonize os princípios das artes marciais para compreender seu real sentido. Nunca pare o treinamento, pois somente com treino se poder encontrar o caminho da justiça para o homem.

Vídeos

Artes Marciais & Filosofia

 

Sociedade

Estamos em Conflito ... 

<

 

02 01 03 04
02 09 12 10 14 15 07 08 01 05 11 06 04 13 03
04 03 01 02