Perguntas sem respostas. Antes que surjam outras!!!


O Tkdlivre levantou estas dúvidas no Editorial que foi ao ar no dia 13/05/2009, como as respostas não aparecem, continuaremos no aguardo, antes que surjam outras:

Alguém se habilita?
 
  • Como foi gasto a grana que entrava dos Bingos, fonte significativa de receita da Entidade por muitos anos?
     
  • Quais os motivos que levaram a CBTKD a funcionar por longos anos sem um STJD legalmente constituído?
     
  • Por que é mantida em segredo a relação de material que vieram em um container doados ao que se sabe pela WTF?
     
  • Que motivos consistentes justificam a prorrogação de mais dois anos de mandato à dupla YMKim e JRKim, que encerrou este ano, mas que pelo estatuto não podia passar de 4 anos?
     
  • Além dos atletas e da equipe técnica, quem mais recebia das verbas do COB (Lei Piva) nestes últimos anos?
     
  • Quanto foi pago por um trabalho ineficiente e incompetente do responsável pela comunicação e marketing da Entidade nestes últimos anos?
     
  • Que motivo levou a CBTKD investir em um site ´ruim` e ´ineficiente` como o que esta no ar? E para agravar, só seve mesmo para mostrar a imagem de Flávio Bang, fazendo uma gracinha, como se tivesse alguma qualidade marcial ou fotogênica para tanto.
     
  • O que foi feito com um conjunto de notebooks adquiridos pela Confederação? E quais critérios de distribuição para estes equipamentos?
     
  • A CBTKD tem ou teve ao longo destes anos alguma proposta séria para o Taekwondo Marcial, Social ou Esportivo?
     
  • Como uma entidade que se diz ´a maior` responsável pelo taekwondo brasileiro concede graduações elevadas de Dans de forma exagerada a tanta gente tecnicamente ruim, desprovidas de uma história marcial consistente e de postura política ou de caráter duvidoso?
     
  • Que respeito ou credibilidade esperam para esta frágil arte marcial, distribuindo tanto 5º, 6º e 7º Dans na maioria das vezes por critérios políticos nada louváveis.
     
  • Por último, por que só agora se insurgir se nunca se manifestou contra um dos piores casos da CBTKD: o famigerado Regulamento Geral de Exames de Faixa da Entidade?
 Esquecemos de alguma coisa?