Por que a seletiva do taekwondo é a mais confusa do Brasil para a Rio-2016

Matéria no Portal Uol dá um panorama do intricado método seletivo para os atletas que irão representar o Brasil no Taekwondo nos Jogos Olímpicos do Rio/2016.

 

"...O Brasil já tem uma atleta classificada para o taekwondo das Olimpíadas de 2016 (Iris Tang Sing, 25, que compete na categoria até 49kg). A confederação nacional da modalidade (CBTKD) estipulou até o início de março um limite para preencher outras três vagas (duas no masculino e uma no feminino). No entanto, o processo de qualificação do esporte passa longe de estar definido. A oito meses dos Jogos do Rio de Janeiro, o taekwondo é responsável pela classificação mais confusa do país."

"Iris conseguiu vaga por ter atingido o quarto lugar no ranking olímpico da WTF (federação mundial de taekwondo, na sigla em inglês). Os seis primeiros de cada gênero na classificação referente a dezembro de 2015 têm participação assegurada na Rio-2016."

"...A primeira categoria eleita pela confederação foi o pesado masculino (lutadores acima de 80kg). A CBTKD anunciou a escolha em abril, quando o lutador de MMA Anderson Silva enfrentava acusações de doping no UFC e flertava com a disputa da seletiva olímpica do taekwondo (ele tem 84kg)."

"...Em setembro, um colegiado montado pela CBTKD com técnicos, diretores e ex-atletas determinou as categorias em que o Brasil indicaria representantes para os Jogos de 2016 (no masculino, até 58kg e acima de 80kg; no feminino, até 49kg e até 57kg)."

"...A partir disso, a CBTKD estruturou três seletivas. A primeira delas, um aberto, será realizada neste mês (entre os dias 11 e 13, em João Pessoa) e indicará um atleta de cada categoria. Eles vão se juntar aos dois primeiros do ranking nacional, ao titular da seleção no ano passado e a um quinto lutador escolhido pela confederação."

 

Leia Matéria Completa em http://olimpiadas.uol.com.br/noticias/2015/12/10/por-que-a-seletiva-do-taekwondo-e-a-mais-confusa-do-brasil-para-a-rio-2016.htm