O GENERAL CHOI E OS ANSEIOS DE UNIFICAÇÃO DA ARTE E REUNIFICAÇÃO DA PENÍNSULA.

Por: Alcione Costa

Perguntado no final dos anos 90 em entrevista ao Dr. He Yong Kim, se a Unificação entre ITF e WTF ajudaria a reunificar norte e sul da península, o general Choi Hong Hi (1918-2002) respondeu. ´O Taekwondo da República Democrática Popular da Coréia é membro da Federação Internacional de Taekwondo e o Taekwondo da República da Coréia é membro da Federação Mundial de Taekwondo, a Unificação do Taekwondo motivaria vários grupos, incluindo dirigentes governamentais para trabalhar pela reunificação da Coréia, os instrutores de Taekwondo na Coréia não tem a mesma liberdade de voz do que instrutores em outros países, portanto instrutores fora da Coréia deveriam ter um papel maior nesta causa e servir como ponte entre Norte e Sul da península. A fim de abrir as portas entre os dois lados, instrutores no exterior deveriam visitar e freqüentar eventos como: seminários, demonstrações, torneios, campeonatos de ambas as Federações, freqüentes contatos dos dois grupos eliminariam desconfianças, ou seja, a criação deste tipo de intercâmbio seria um passo muito importante para a reunificação da Coréia`.

Também cabe relembrar que o General Choi criou a forma (Hyung) Tong IL, que é a 24ª justamente a última, ou seja, a de mais alto nível, a qual denota a resolução da reunificação da península e também simboliza a mais homogênea etnia, a coreana.

No mês de Setembro de 1980 na mais famosa e importante excursão de sua seleta equipe de peritos demonstradores, o general aos 61 anos de idade, leva para a República Democrática Popular da Coréia, uma equipe de 15 de seus melhores discípulos na absoluta maioria coreanos, para lá demonstrar a arte, Choi então 35 anos após a divisão da península, pisa em solo, onde hoje se localiza a Coréia do Norte, lá se encontra com o alto dirigente governamental na área de esportes, o Sr Chang Ung, responsável naquele momento pela recepção e atendimento a toda a delegação de peritos demonstradores, a partir daí desenvolvem uma sólida, intensa e contínua amizade.

Em Fevereiro de 1981 o General Choi envia para República Democrática Popular da Coréia, um de seus mais: graduados, fíéis, antigos, eficazes e leais peritos, seu discípulo e compatriota Park Jung Tae (1944-2002) o qual lá inicia o ensino regular da arte.

Em 1981 no mês de Novembro o general Choi Hong Hi viaja para a República Democrática Popular da Coréia onde dirige um seminário da arte.

Em 1984 no mês de Abril, Choi, acompanhado dos mestres: Rhee ki Ha, Charles Emit Seref, e Kim Yong Kyu, visita na cidade de Lausane-Suíça, o espanhol Juan Antonio Samaranch, então presidente do Comitê Olímpico Internacional, no intuito de confirmar para o presidente do COI, todo o histórico, pioneirismo, fundamentação, autenticidade e significação da ITF na: sistematização, desenvolvimento, estruturação, organização e divulgação da arte originalmente.

Ainda no ano de 1984, no mês de Setembro o General Choi acompanhado de seus discípulos Lee Suk Hi, Rhee Ki Ha, Park Jung Tae e Choi Jung Hwa, viajam para Pyongyang, com a finalidade de finalizar as matérias e fotos referentes à sua belíssima enciclopédia de Taekwondo.

Em 1986, no mês de Junho, o General Choi Hong Hi liderou uma equipe de 30 notáveis peritos demonstradores, todos da República Democrática Popular da Coréia, em uma excursão de Boa Vontade (Good will tour) para a República Popular da China, onde foram calorosamente muito bem recebidos pelo presidente da Federação chinesa de Wushu, as demonstrações ocorreram nas cidades de Beijing e Sian, onde houve lotação total nos locais das apresentações, as demonstrações foram tão notáveis, que os chineses ficaram impressionados com a extraordinária qualidade dos mestres e das belíssimas e eficientíssimas técnicas, e por isto, no ano seguinte o professor Choi, Bong Ki da Universidade de Byun Yun convidou o general Choi para ensinar 70 alunos daquela Universidade. Assim, gradualmente o Taekwondo foi se expandindo através da República Popular da China.

Em Agosto de 1988, General Choi, sem revanchismo, preconceito, segregação, discriminação, leva para a ex União Soviética, cidade de Moscou, uma seleta equipe de qualificados peritos demonstradores, todos da República Democrática Popular da Coréia.

De 10 a 15 do mês de Setembro de 1994, general Choi assiste em Pyongyang o 8º campeonato mundial ITF de Taekwondo, realizado no gigantesco ginásio Palace Taekwondo.

No ano de 2001 o General Choi, realiza Curso Internacional de Instrutores em Budapeste - Hungria, com a presença do Presidente e fundador da Federação (ITF) daquele país Sr. Laszlo Harmat; Vice Presidente da ITF Grão Mestre Rhee Ki Ha e Secretário Geral mestre Choi Jung Hwa. Nestes dias, 9 a 11 do mês de Março daquele ano, Choi então anunciou publicamente de maneira extra-oficial, o novo presidente da ITF para o ano de 2003 quando pretendia se aposentar; seu filho Choi Jung Hwa, o qual nasceu no mês de Maio do ano de 1954 na ilha de Cheju.

Ainda neste ano, em 05 de Julho de 2001 é realizado em Rimini-Itália, o 13º Congresso Mundial da ITF, onde foi realizada a eleição que reconduziu o General Choi para mais um mandato de 6 anos, também foi decidido por unanimidade que seu filho Choi Jung Hwa assumiria a presidência no ano de 2003 quando o lendário General pretendia se aposentar.

Seis meses, após a eleição de Rimini, em 11 de Janeiro de 2002, é realizado em Viena Áustria, um Congresso Especial convocado pelo próprio general, nesta ocasião o mestre Choi Jung Hwa foi removido do cargo de secretário geral, também foi votada e aprovada a permanência do General Choi no cargo de presidente para todo o mandato, porém segundo a constituição da ITF daquele tempo, houve falta de quorum, portanto o evento foi considerado inconsistente.

Em 2002 o General Choi, radicado há mais de 30 anos na província de Ontário, Canadá, já com a saúde extremamente debilitada em face de tumor maligno no estômago, decide então quando chegar sua morte, ser enterrado em sua pátria, inicialmente na República da Coréia onde passou maior tempo de sua juventude e onde construiu e consolidou toda sua vitoriosa carreira na Sociedade Militar e civil, ou seja, tanto nas Forças Armadas quanto na Arte Marcial, mas como o governo da República da Coréia rejeita sua entrada no país, ele opta então por morrer no lado norte, onde nasceu.

Vale lembrar que antes de 1945 quando houve o estabelecimento do Paralelo 38 como Divisa, e 1948 formalização dos dois lados, ou seja, anteriormente a estes dois episódios não havia nem Coréia do Norte e nem Coréia do Sul, havia simplesmente Coréia.

No Hospital, em 11.06.2002 na terra de seu povo e na presença dos principais dirigentes da ITF entre os quais seus 3 únicos coreanos promovidos por ele a graduação máxima (9º dan), o GMs. Choi, considerado o Pai do Taekwondo, designa em seu testamento, seu sucessor o Sr. Chang Ung, membro do Comitê Olímpico Internacional, como Presidente da ITF.

Choi vem a falecer as 20,35 h do dia 15.06.2002 aos 83 anos de idade, sendo sepultado no dia 17 no Cemitério Nacional de Elite de Pyongyang, reservado aos heróis coreanos que lutaram contra os nipônicos quando o Japão invadiu e ocupou a península aproximadamente por 50 anos, oficialmente de 1910 a 1945.

O autor, Alcione Prestes Costa é intenso pesquisador da cultura e das Artes Marciais Coreanas. É pioneiro na prática do taekwondo no RS.