LIÇÃO DE HISTÓRIA: OS HOMENS DE CHOI

Por: Alcione Prestes Costa

OS MAIS GRADUADOS DISCÍPULOS DO GENERAL CHOI ENQUANTO DIRIGENTE NA ITF ORIGINAL


RHEE KI HA

Foi o 1º coreano a deixar a República da Coréia, partindo para o exterior, Cingapura, em 1964, com o título oficial de instrutor de Taekwondo, título que constava em seu passaporte. Outros saíram antes, mas não com o título oficial de instrutor no passaporte. Rhee serviu às Forças Armadas coreanas chegando a atuar, em algumas oportunidades, como guarda-costas do próprio General.

De constituição física bastante forte, certa vez foi chamado de ´Homem Bomba`. Era muito amigo dos filhos do General e um dos discípulos mais próximos. Era também extremamente fiel e leal a Choi. Estabeleceu-se no Reino Unido em 1967. Foi promovido pelo Gen. Choi, exatamente em 1º de Julho de 1997, a 9º dan, tornando-se assim um dos 3 únicos coreanos a receberem, diretamente do general, a graduação máxima.

HWANG KWANG SUNG

Nasceu em Taegu, na República da Coréia. Iniciou-se nas artes marciais aos 11 anos de idade. Após formar-se em Ciências Políticas na Universidade nacional de Kyung Bok, em Taegu, ingressou no Exército da República da Coréia, em 1964, tornando-se oficial militar. Serviu na guerra do Vietnã e também atuou como instrutor da famosa ´Divisão Tigre`, do Exército da República da Coréia, do Exército Norte Americano e dos ´Marines`, assim como do Exército vietnamita. Deu baixa do Exército em 1970 como Capitão. Foi um dos instrutores coreanos selecionados pelo Gen. Choi para participar da 1ª turma do curso de mestres em nível internacional, ministrado pelo próprio General. Sua missão era a de levar o Taekwondo oficialmente para o mundo. Estabeleceu-se em Manchester, no Estado de Connecticut (USA). Recebeu diretamente do Gen. Choi, exatamente em 9 de Dezembro de 1997, a graduação máxima de 9º dan.

GM Hwang foi assistente especial do Gen. Choi, porta-voz oficial da ITF e presidente do comitê de Fusão, além de Secretário Geral da ITF.

PARK JONG SOO

Participou da famosa e histórica missão oficial do governo da República da Coréia, em 1965, chamada ´Kuki Taekwondo Goodwill Demonstration Team`, juntamente com os mestres Han, Cha Kyo; Kwon, Jae Hwa; Kim, Joong Keun, liderados pelo gen. Choi que levou a arte para demonstrações, a vários países da Ásia, Europa e Oriente Médio. O sucesso desta excursão foi tão marcante que culminou com o surgimento de várias Associações, nos respectivos países visitados e também com a fundação da International Taekwondo Federation, em Seul, no ano de 1966.

Foi instrutor no Exército da República da Coréia da famosa Unidade Black Tigers e também da polícia militar. Em 1966 introduziu o Taekwondo na Holanda, onde fundou a Associação de Taekwondo dos Países Baixos. Partiu para o Canadá em 1968 onde construiu um dos maiores e mais bem estruturado centro de Taekwondo do mundo, em Toronto. Em 1972, foi um dos coreanos que ajudou a abrigar o general Choi Hong Hi naquele país.

Novamente, em 1973, Park, juntamente com outros mestres de alta graduação, todos também da seleta equipe permanente de demonstradores; ou seja, os principais discípulos do lendário general Choi, participaram de uma monumental e histórica excursão de grandes proporções, liderada por Choi, pela Europa, Oriente Médio e Extremo Oriente. O sucesso foi magnífico e estrondoso. Exatamente em 1º de Maio de 2001 Park recebeu diretamente do General a graduação máxima na ITF original. Todos estes coreanos estão no Taekwondo há mais de 45anos.

CHUCK SEREFF

Charles Emmit Sereff, nasceu em Denver, Colorado (USA). No início dos anos 60, quando já tinha experimentado um resquício de Karate americanizado, conheceu Fran Heitman e Robert Thompson, os quais o apresentariam as artes marciais coreanas. Tanto Fran quanto Robert tinham treinado na Coréia, juntamente com Chuck Norris, com o famoso mestre de Tangsoodo, Jae Chul Shim. Em 1963, Chuck Sereff foi promovido por Robert Thompson a 1º dan e abriu a 1ª Escola de Arte Marcial coreana em Denver. Em Detroit ele encontrou-se com Sang Kyu Shim da escola Moo Duk Kwan, seu 1º instrutor coreano (1939-1992, falecido aos 53 anos).

Mestre Shim colocou Chuck em um dos mais rigorosos, puxados, intensos, árduos treinamentos da arte marcial e o promoveu, em 1966, a 2º dan. Mestre Shim então o recomendou que trouxesse um mestre diretamente da Coréia para ensinar na Escola que fundara. Chuck então trouxe o mestre Mun Gu Baek, que era da escola Moo Duk Kwan, e também era especialista em Hapkido. Mestre Baek foi decisivo e fundamental na carreira de Sereff, pois foi ele quem apresentou a Sereff o famoso e lendário General do Exército sul coreano Choi Hong Hi (1928-2002). A partir de então, ficou tão impressionado com as técnicas do Taekwondo que passou do Tangsoodo para o Taekwondo. Mestre Moon Gu Baek promoveu-o a 3º dan em 1970 e, nesta mesma década, a 4º dan.

As aulas, os ensinamentos, o intenso treinamento de Mestre Moon eram tão eficientes, que tornaram Chuck um dos melhores instrutores da arte nos EUA. Em 1972 Chuck trouxe da Coréia o famoso mestre Yung Chul Ra, um perfeccionista, o qual, além de um notável e conceituadíssimo mestre, era - naqueles tempos - um dos maiores especialista em formas. Antes da partida de mestre Ra, em 1974, Chuck foi testado para 5º dan. Neste exame participaram da banca examinadora, nada mais, nada menos que Choi Hong Hi e seu discípulo Rhee Ki Ha. Chuck participou em 1980 da histórica, lendária e magnífica demonstração da arte, liderada pelo General, para a República Popular Democrática da Coréia, oportunidade em que 15 notáveis mestres, de tão alto nível técnico, foram chamados de ´Supermestres`, por ocasião da respectiva convocação para esta missão. Em 9 de Dezembro de 1997, o General Choi o promoveu a 9º dan, assim tornando-se o único ocidental a receber diretamente do general a graduação máxima na ITF original.

PARK JUNG TAE (1944-2002)

Considerado um dos mais conceituados mestres da arte, detentor de altíssimo nível técnico, um verdadeiro perfeccionista, com grande impulsão (saltava com facilidade por cima de um carro), foi, durante muitos, anos um dos mais próximos discípulos do general Choi.

Assim como a maioria dos discípulos de Choi, Park também esteve recrutado na Guerra do Vietnã, como instrutor militar dos peritos do Exército da República da Coréia. Ele foi um dos excelentes alunos selecionados do general Choi, escolhido para treinar, tanto soldados coreanos, como vietnamitas. Quando ainda criança, o irmão o introduziu no boxe; depois passou por um básico em Judô, mas firmou-se mesmo no Taekwondo. Imigrou para o Canadá no início dos anos 70.

Participou da lendária e histórica excursão de 1980, liderada por Choi. Ocasião (como já dissemos) em que tais mestres foram denominados de ´Supermestres` pela comunidade do Taekwondo, face ao magnífico e altíssimo nível técnico apresentado na demonstração da arte, na República Popular Democrática da Coréia. Feito de extraordinário, magnífico e de absoluto sucesso.

Park foi um dos primeiros discípulos a serem promovidos, diretamente pelo general Choi, a 8º dan. Ele também foi o introdutor oficial do ensino regular na República Popular Democrática da Coréia em 1981, bem como na ex-União Soviética, em 1986.

Formou a Global Taekwondo Federation, em 14 de Junho de 1990, com sede em Toronto, Canadá. Em 1995 criou a mais longa forma no Taekwondo, denominada de Jook-Am, com 95 movimentos. Faleceu em 11 Abril de 2002 aos 58 anos.

CHOI JUNG HWA

Promovido pelo próprio pai a 8º dan, exatamente em 11 de Maio de 1996, nasceu na ilha de Cheju. Aos 5 anos foi apresentado à arte e, a partir dos 7 anos, começou a receber treinamento do pai e de um dos melhores mestres militares da Coréia, o lendário mestre Han Cha Kyo (1934-1996), o qual - juntamente com Nam Tae Hi- foi o principal instrutor militar da famosa 29ª Divisão de Infantaria, responsável pelo ensinamento da arte no Exército coreano. Choi Jung Hwa também recebeu treinamento do extraordinário mestre Kong Yong Il, um dos principais discípulos do lendário General, da 1ª turma de instrutores em nível internacional. Treinamento ministrado entre o final da década de 60 e início da década de 70 pelo próprio general Choi. O objetivo: divulgar o TKD oficialmente pelo mundo. Posteriormente, Kong fez parte da equipe seleta permanente de peritos demonstradores do Gen. em nível mundial, juntamente com Rhee Ki Ha, Park Jong Soo, Park Jung Tae, He Il Cho, Choi Chang Keun, Choi Kwang Jo, James Lim entre outros.

Naqueles tempos, esses peritos eram treinados pessoalmente pelo próprio General. Eles demonstraram a arte em mais de 100 países. Kong Yong Il erviu ao Exército da República da Coréia. Sua principal missão era a de treinar instrutores da arte, para a guerra do Vietnã. Treinou também outros soldados em uma base norte-americana na Coréia. Posteriormente tornou-se independente.

Choi Jung Hwa foi indicado, extra oficialmente (no Seminário ITF, acontecido de 09 a 11 de Março de 2001, na cidade de Budapeste na Hungria, por seu próprio pai), para ser o Presidente da ITF em 2003, quando o Gen. pretendia se aposentar. O General viria a confirmar sua vontade nos Congressos, tanto no de Rimini (em Julho de 2001), quanto no Congresso Especial, realizado na Áustria (em Janeiro de 2002). Um grupo de pessoas, na maioria europeus, não aceitou. Jung reside no Canadá, na Província de Ontário, na cidade de Brampton.

A CONTRIBUIÇÃO DE CHOI

O General Choi Hong Hi , considerado o pai do Taekwondo, formou muitos e muitos dos melhores, mais conceituados mestres do mundo. Na Coréia, por exemplo, ministrou cursos de formação de mestres em nível Internacional e os enviou para quase todas as partes do mundo. Posteriormente, formou uma equipe permanente de demonstração, com seus discípulos coreanos do mais alto nível. Ele levou esta equipe praticamente para todo o mundo. Demonstraram em diversos países, com muita perícia, eficácia e perfeição, as técnicas do taekwondo.

A partir da fundação da WTF, justamente em maio de 1973, muitos destes mestres deixaram o General e passaram para a nova entidade. Outros se tornaram independentes, muitos se aposentaram; outros criaram estilos próprios, e outros se afastaram da prática.

Choi Hong Hi fundou:

29ª Divisão de Infantaria na ilha de Cheju, em 1953. Esta Divisão logo seria muito conhecida e muito famosa na República da Coréia, como a ´Divisão do Taekwondo`.

Oh Do Kwan, no ano de 1954, com o auxílio de Nam Tae Hi (originário da Chung Do Kwan). No início, restrita aos militares da 29ª Divisão de Infantaria.

• Convocou e presidiu a famosa e histórica Assembléia (Reunião), na qual sugeriu o nome ´Taekwondo` para a arte. Foi em 11.04.1955.

A KTA - Korea Taekwondo Association, em Setembro de 1959.

• A ITF - International Taekwondo Federation, em Seul, exatamente em 22.03.1966.

Sobre o Autor: O Sr. Alcione Prestes Costa, ex-praticante da arte, é um aficionado, dedicado, intenso pesquisador e estudioso das artes marciais coreanas.