O Beijo da Traição

Publicado em 30/04/2009, as 00:00hs

 

 

Por Carlos Fernandes


No dia anterior das eleições recebi um telefonema de SP, de um parceiro me confirmando que estava tudo armado entre os irmãos Yeo Jin, da LIGA e Yeo Jun, o presidente da FETESP e mais uns dois que se diziam meus parceiros, os quais também acabariam-me sacaneando e votando no Yeo Jun.


Diante dos acontecimentos da semana e essa informação às vésperas das eleições, eu falei para o companheiro: ´Meu grande amigo, não se preocupe com isso: vamos em frente; essa é a hora de mostrarmos quem é quem para todos. Isso é mais importante para o Taekwondo Brasileiro do que qualquer cargo eletivo. Olha, Jesus foi traído com um beijo e trocado por moedas malditas, por aquele que se dizia ser seu amigo. Então, fique tranqüilo. Comigo não será diferente, ainda mais eu que estou muito longe de ser Jesus, isso ainda é normal nos dias de hoje.` Essa foi a minha resposta.

Alguns presidentes que afirmaram claramente, diante de testemunhas, de estarem conosco, mas passaram as escondidas, procuração para o adversário. A verdade é que eu só tenho que lamentar por esses indivíduos que continuam a viver nessa escuridão. Uns se achando e acreditando ser presidentes de federação e outros talvez sendo escravos dos mesmos em troca de masoquismo.

Veja, na semana da eleição, o Atila ex-presidente da Bahia, que tinha que votar em mim, como ele tinha prometido, falou que só viria se dessem uma passagem para ele. Eu falei, então manda a procuração, qual a diferença? Ele disse que não poderia, só se viesse pessoalmente. Na mesma semana me ligou o Antonio José, aqui do Rio, dizendo estar com uma procuração de Tocantins e que era do meu interesse, pedindo que eu fosse à academia dele, no Méier, a mando do Yeo Jin da LIGA, mas não para pegar a procuração, mas sim para conversar e talvez negociar a mesma.

No Dia da eleição me pressionaram para que eu me sujeitasse a aceitar a federação deles, do Ceará, em vez da do Ronim do Ceará, o qual foi aceita na Assembléia à vontade da LIGA.

Aliás, o que fazem com esse rapaz Ronim no Ceará, é lamentável. E cuidado vocês em seus estados e cartórios, que também podem passar por isso.

Ou seja, esse foi o preço que queriam cobrar para mim, ir na academia do Méier conversar sobre a procuração de Tocantins e também não apoiar a federação do Ronim, e depois acreditar que o Átila viria para em votar. O que eu não aceitei em troca da vice-presidência. A eles foi dado o espaço na CBTKD para também trabalharem pelo apoio e acordo dado ao Jung Roul Kim nas eleições passadas. O Yeo Jin foi nomeado Diretor de Artes Marciais e o Átila Diretor de Competição, como se eles fossem responsáveis pela posse do Jung Roul Kim.

Confesso que nunca acreditei nessa briga dos irmãos. Isso sempre foi orquestrado. Fizeram esse teatro para formarem grupos em separados para depois se juntarem com um objetivo só, a CBTKD!!!

E o pior é que eu acho que tem um monte de ´bobão` que acredita nisso. São levados na conversa, na vaselina. E o que é mais lamentável é ver um monte de escravos brasileiros atrás de um e de outro, repetindo aquele ditado popular: tudo o que o mestre mandar, faremos todos, se não fizer não ganharemos dans.

Olha, quando eu vejo isso, eu sinto pena de tanta ignorância aproveitada. O que esses caras não entendem é que o Taekwondo, hoje, para eles, no Brasil, virou um negócio da Coréia e não da China, e só para eles. E o Brasileiro fica só com os regulamentos passados de Mestre e respeito para confundir a cabeça dos trouxas.

Veja o Yeo Jin, ele não faz, ele manda fazer. Até para dar um recado. Para convencer o Fabio Goulart, ele mandou dois assistentes seu irem à academia do Fábio. Manda seus fiéis pegarem procuração e ligarem para todos, como uma forma de mostrar poder e força. Igualzinho aqueles filmes que mostram o poderio chinês, que vemos na televisão. Seu irmão, Yeo Jun, a mesma coisa, QUANDO NÃO MANDA o Bang fazer, manda outro. Impressionante isso. E como tem gente que se sujeita e se curva a tudo isso. Lamentável.

E para tentar me prejudicar na semana, um discurso orquestrado típico em família. O Yeo Jun ligava para os presidentes falando que eu estava com a LIGA, o qual ainda faz até hoje; o irmão dele Yeo Jin fazia o contrário: dizia para a própria LIGA que eu estava contra a entidade. Um dizia que eu era favor e outro dizia que eu era contra. Isso para confundir e enganar os presidentes eleitores.

Agora veja se eles não estão juntos. Nessa eleição eu tive 11 votos, exatamente os das procurações que eu tinha em mãos; o Yeo Jun tinha 13. Veja, sobraram 4. Justamente os da LIGA, que decidiram, todos, presentes (LIGA + BAHIA + Tocantins + Ceará). É só somar: 13 Yeo Jun + 4 LIGA = 17. Isso prova que a LIGA votou no Yeo Jun, ouvi falar que até o próprio yeo jin falou em off minutos antes das eleições que iria votar no irmão Yeo Jun. Então, que palhaçada é essa de dizer que os dois não estão juntos. Querem mais provas do que essa, ou tem cego que não que ver ou gosta de ser enganado. Sempre acreditei que isso era teatro entre os irmãos.

O que temos que entender é que o Taekwondo Brasileiro esta precisando é de dignidade, comprometimento e de dirigentes éticos e verdadeiros. Acredito que Infelizmente é isso que não temos. A verdade é que quem ganha com todas essas coisas e arrumadinhos feitos são eles e quem paga o preço é o brasileiro.

Fico imaginando como certas pessoas conseguem dormir; chegar em casa, olhar para os filhos, se ver diante de um espelho e falar: eu sou mestre, presidente ou dirigente. Como é isso? Eu não consigo imaginar. Na verdade, não sou somente eu quem vai julgar algum tipo de sacanagem ou traição, se depender de mim, para dirigir essa entidade, fazendo acordos, dar presentes, fazer malabarismos e promessas para me eleger, estou fora desse sistema.

E finalizo com uma carta mandada em um e-mail escandaloso, que vai abaixo, o qual Yeo Jun em parceria com Bang mandaram para os presidente no dia anterior das eleições, acreditamos como prova e forma de acordos prometidos. Abaixo vejam uma mostra de como deve ter sido ditada a campanha deles nos bastidores, um dos e-mails enviados para alguns presidentes de Federação. Vejam os que desejam ser os administradores da nossa entidade Brasileira. Leiam. Termino aqui a minha indignação a tudo isso. Depois do que está escrito logo abaixo, não tenho mais nada o que falar. Fica o meu silêncio como forma de protesto a todas essas maracutaias.



´´Caros mestres-presidentes!

Como esta?!

Esta chegando a hora da mudança.

Agradecemos pela sua confiança e importantíssimo o voto seu.

Sabemos da exigência para reorganização e reestruturação da CBTKD.

Faremos o melhor possível na busca da eficiência administrativa e captação de recurso para sua federação.

A sua reserva para hotel esta feita.

Abaixo informação do Hotel.

Hotel RIAZOR Plaza
Rua do catete, 160. Catete – Rio de Janeiro
Tel: (21) 2225-0121 / 2285-2399 // fax: (21) 2558-5042
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
www.hotelriazor.com.br

A GTTA sempre visando o seu conforto, de presidente, de 1ª classe...

Providenciaremos num automóvel (sem chapéu e paletó) para Aeroporto para te pegar.

Mestre Flavio Bang (14-8118-6392), Adauto (11- 8222-1131) e Teofanes (21) 21) 9476.4151

Qualquer coisa ligue para eles.

Se atrasa vai ser pouco...

Mestre KIM
``

 

 

Por Carlos Fernandes - RJ

 

Nota da Redação:
¹ O Tkdlivre, não necessariamente concorda com o conteúdo dos artigos publicados e assinados neste Site. O artigo em questão reflete exclusivamente a opinião do autor, e assim, da sua inteira responsabilidade.
²  De qualquer forma, aos questionamentos que este artigo sugere o Tkdlivre, se coloca de antemão, a disposição para, a quem interessar possa, exercer o Direito de Resposta ou fazer o Contraditório.

___________________ &&& ____________________