A atabalhoada gestão do Taekwondo “Olímpico” Brasileiro em 2014

Artigo Publicado em 15/05/2014, as 23:50hs

Por José Afonso*

Confederação responsável pela gestão do Taekwondo “Olímpico” Brasileiro reformula calendário de competições depois de transcorridos 45% do ano esportivo.

Leia em Confira AQUI a atualização do calendário de competições nacionais e internacionais para 2014.

Ainda que tal entidade represente ou congregue um contingente bem menos relevante do que pode parecer - possivelmente abaixo dos 20 % do Coletivo Taekwondista Nacional -, o tema é de suma importância, visto ser a esta entidade que converge a maior parte dos Recursos Públicos investidos na modalidade.

Além disso, ninguém ousa falar em “Sonho Olímpico” ou Seleção Brasileira se não estiver  vinculado/associado/filiado/confederado a esta entidade.

Porém, alguns equívocos na atual gestão esportiva da modalidade, regada a Recursos Públicos, beiram ao INADMISSÍVEL.

Inadmissível, sim!!! Se considerarmos uma entidade que pode estar usando a maior parte dos Recursos da Lei Piva, por exemplo, na seara política administrativa e jurídica da entidade.

E notem que anuidades e inscrições em campeonatos são pagos pelos próprios atletas, além de uma possível calção dos organizadores, que provavelmente, tornariam a gestão esportiva da modalidade, ou melhor, das competições do SNR (Sistema Nacional de Ranking), totalmente sustentáveis.

São estas competições que arrastam os atletas em dispendiosas viagens Brasil afora ao longo do ano em busca de resultados de modo a se posicionarem em condições de disputar uma vaga “anual” na Seleção Brasileira e, consequentemente, a um possível “Sonho Olímpico”.

Inadmissível, sim!!! Se lembrarmos que no Rio Open, programado no Calendário Mundial como Evento Chancelado pela WTF, no qual valeria Pontos para o Ranking Mundial (WTF), que de alguma forma pode ter havido negligência, de modo que a chancela acabou cancelada. Furando, de saída, o Calendário anual ora alterado.  E para atenuar a situação, transferiram esta demanda para o Brazil Open, que deve acontecer no próximo semestre em Foz do Iguaçu/PR.

Inadmissível, sim!!! Se observarmos que a Copa das Federações, programado para os dias 17 e 18 de Maio, neste mês, em Campo Grande/MS, foi cancelado, em cima da hora,  sem a menor cerimônia e aviso prévio.

Leia mais em “Falta de estrutura cancela torneio nacional”.

Como remendo, num prazo escasso de apenas 15 dias, apresentaram uma solução nada razoável. Anexaram a tal Copa das Federações ao Natal Open, um evento tradicional da região Nordeste. Aproveitando, por conveniência, a infra estrutura do tradicional evento, transformando-o em um “dois em um”.

Resumo da Ópera:

CANCELARAM em de 12/Maio um evento programado para os dias 17 e 18/Maio e ao mesmo tempo jogaram-no/anexaram-no para o Natal Open, no final do mesmo mês, 30 e 31/Maio (+ o domingo, 01/07), em Natal/RN.

  • Como imaginar que um atleta com um mínimo de planejamento consiga encontrar um esquema razoável de ajuste a estas variantes?
  • Como ressarcir quem já estava com o esquema de viajem ajustado?


A coisa não para por ai

O evento seguinte, contando pontos para o Ranking Nacional, é o OPEN NORDESTE DE TAEKWONDO; ou, se preferir, o Alagoas Open: dias 05 e 06 de Julho, em Maceió/AL.

A novidade: em pleno Período da Copa do Mundo!

Quantos terão recursos e disposição pra se deslocar neste período para Alagoas? Além disso, outro evento na mesma região, favorecendo obviamente os estados mais próximos, como BA, SE, PE, PB, RN e CE, de onde o pessoal pode se deslocar via transporte terrestre se for necessário.

Poderíamos parar por aqui, pois já há problemas em demasia para os gestores do Taekwondo “Olímpico” Brasileiro refletir, repensar e encontrar um novo rumo para a modalidade, visando não penalizar tanto os principais atores deste processo, os Atletas.

Porém, sem antes anotar algumas observações ou alertas

Algumas informações que pode virar inconvenientes ou transtornos a depender da perspectiva de cada interessado:

  • Campeonato Brasileiro Adulto/2014, 30 e 31/Agosto, em Vitória/ES - Região Sudeste, Deslocamento razoável, um tanto centralizado.
  • Brazil Open (Ranking WTF), 09 a 12/Outubro, em Foz do Iguaçu/PR. - Região Sul, extremo oeste paranaense, Deslocamento um tanto complexo e oneroso. Impactando mais ainda quando percebe-se que se contar 15 dias corridos, volta-se para o Nordeste, novamente.
  • Copa do Brasil, 24 a 26/Outubro, em Natal/RN - Região Nordeste, Deslocamento oneroso
  • Campeonato Brasileiro Interclubes, programado anteriormente para 13 e 14/Abril, em São Paulo/Capital. Situação: Local e Data a definir. Sem Comentários!!!


Esquecemos algo?

Ah, sim... Observar Nota de Rodapé do Calendário em questão, atualizado: “A CBTKD informa que as datas e locais dos eventos nacionais só se efetivam mediante a publicação dos ofícios dos mesmos”, algo que geralmente acontece em datas bem mais próximas de cada evento.

Neste aspecto, esqueceram de algo um tanto "temerário": Pelo Código de Defesa do Consumidor, "Publicidade Vincula" ... O que abre precedente para qualquer prejudicado, acionar a Entidade ou seus Organizadores em instâncias judiciais e cobrar os devidos prejuízos.

Deixamos para o leitor e demais membros da seara esportiva taekwondista a reflexão sobre o que é mais danoso para uma equipe, comissão técnica e atletas:

  • Se a dificuldade de planejar periodização (treinamento) e nutrição (Ajustes do Peso) para o atleta que tem de estar de “STANDBY” de um estilo de gestão desorganizada e imprevisível;
  • Se a impossibilidade de se programar viagens aéreas distantes e dispendiosas sem a possibilidade de comprar passagens com antecedência em melhor preço;
  • Se o de não ter convicção para que tanto esforço, já que a única garantia de toda esta ciranda é a da Bolsa Atleta do Governo Federal para os 3 melhores colocados de cada categoria; o que, dependendo das circunstâncias, gera-se tantos gastos quanto o que se almeja conquistar;
  • Se a sensação de apenas servir para fazer caixa para uma entidade regada por Recursos Públicos.


Leia Matéria Oportuna
, Projeto Social vende camisetas para levar atletas a competição nacional”.

Após este “rosário” de lamentações algo nos deixa atônitos...

E a Seletiva Nacional Aberta, programada no Calendário anterior, para 29 e 30/Novembro, em Belo Horizonte/MG, que foi suprimido no Calendário Atualizado?

... Desistiram, acabou, não vai haver mais?

 

Eis retrato da atual gestão, sem adjetivos! Porém, inadmissível, sim!!!

 

*O Autor José Afonso é faixa preta, professor, praticante de taekwondo e ativista no taekwondo brasileiro.

Nota da Redação:
¹ O Tkdlivre, não necessariamente concorda com o conteúdo dos artigos publicados e assinados neste Site. O artigo em questão reflete exclusivamente a opinião do autor, e assim, da sua inteira responsabilidade.
²  De qualquer forma, aos questionamentos que este artigo sugere o Tkdlivre, se coloca de antemão, a disposição para, a quem interessar possa, exercer o Direito de Resposta ou fazer o Contraditório.

___________________ &&& ____________________